Florença – Parte II

9 Março, 2014 1 Por Piki
Dia 30, o meu dia de anos e o São Pedro continuava com a nuvem avariada por cima de Florença, bela prenda!!
Pequeno almoço no hostel, escolhemos o menu de 6€ mas há outros menus mais em conta, este é basicamente um pequeno almoço “enfarta-brutos”, feijões, sumo de laranja, ovos, bacon, cereais, yogurtes, pãezinhos diversos, frutas, enfim mil e uma coisas para nos aguentarmos num dia que ia ser longuíssimo!
O nosso pequeno almoço no Plus Hostel Florence

O nosso pequeno almoço no Plus Hostel Florence

Começámos o dia na fila para subir à cúpula da Catedral de Santa Maria del Fiore, chovia imenso e já ali estávamos há um bom bocado, quando por obra do acaso uma senhora inglesa se chega ao pé de mim e diz-nos que tem vertigens e que não quer subir aquilo tudo até lá acima, se nós queremos ficar com o bilhete dela e do marido!! Bom, vamos lá pensar se aceitamos…. “SIIIIIIMMMMMMM, hoje é o meu dia de anos sabe, acabou de me dar uma bela prenda!!” Lá passámos à frente daquela gente toda e fomos subindo os 463 degraus impróprios para cardíacos… Já me tinham dito que a subida para a cúpula era apertadinha e claustrofóbica, confere! Aquilo no verão deve ser impossível! Mas a vista senhores, a vista do topo compensa a subida! São 360º sob Florença, brutal mesmo!
A maratona dos degraus ainda não tinha acabado… A subida seguinte foi ao Campanário de Giotto, mais degraus, mas valeram as fotografias que tiramos.
Dica: comprar o bilhete combinado na OPA, assim evitam as filas, custa 10€ e dá para subir ao Duomo, visitar o Batistério di San Giovanni e o museu da igreja. Para subir ao campanário, o bilhete custa 3€ e é comprado dentro da torre.
Piazza del Duomo

Piazza del Duomo

Interior da cúpula

Interior da cúpula

A subida/descida é assim, a cara de felicidade é porque já estava a descer

A subida/descida é assim, a cara de felicidade é porque já estava a descer

Vista do Campanário de Giotto

Vista do Campanário de Giotto

Vista do Campanário de Giotto

Vista do Campanário de Giotto

À tarde fomos ao edifício mais antigo da praça, o Batistério de São João.
No exterior não perder os pormenores das Portas do Paraíso, podem ter alguma luta para conseguirem aproximar-se porque são imensas as pessoas que as querem ver de perto (só consegui esta fotografia), mas vale a pena.
No interior vai ser impossível tirarem os olhos daquele teto!
Portas do Paraíso

Portas do Paraíso

Tecto do Batistério

Teto do Batistério