Florença – Parte I

27 Fevereiro, 2014 0 Por Piki

Chegámos à estação de Firenze Rifredi cerca das 10.20h, apanhámos o autocarro (1€) que nos deixou a poucos metros do hostel onde ficaríamos nas três noites seguintes.

A estadia no Plus Hostel em Florença foi totalmente diferente da experiência em Milão! Assim que lá chegámos percebemos que era um hostel bastante concorrido pelo preço, por ser muito central mas também pelas comodidades que apresenta. Tem piscina interior e exterior, mini ginásio, sauna, banho turco, bar/restaurante, “discoteca”, wi-fi em todo o lado e o melhor de tudo, uma vista soberba do terraço!
O nosso quarto era enorme e climatizado, com um WC de áreas bem generosas. Tem ainda um conceito que achei engraçadíssimo que são quartos pensados só para raparigas, têm WC ainda maiores, vários secadores de cabelo, um pack de boas vindas e toalhas grandes e fofas (as miúdas gostam destas coisas)!
http://www.plushostels.com/plusflorence – Pagámos por três noites, duas pessoas 153€ sem pequeno almoço mas já com a taxa de turismo incluída.
Para verem as fotografias do hostel podem vir AQUI.

Como era cedo não deu para fazer logo o check in, por isso deixámos as malas no depósito de bagagem deles sem pagar nenhum extra (boa!!) e fomos andando a pé pelas ruas de Florença que são autênticas galerias ao ar livre.
Sem sabermos acabámos por ver a final do campeonato do mundo de ciclismo em estrada, na qual o nosso Rui Costa se sagrou campeão! Chovia a cântaros, tínhamos 300 mil chineses à nossa volta mas lá conseguimos furar aquela multidão imensa (ter metro e meio de altura ajuda bastante nestas ocasiões) e ver a malta a passar. Algures no meio disto tudo percebemos que os telemóveis e tablets Samsung e as câmaras Canon são à prova de água…

Ali estamos nós, bom sítio hein?!

Ali estamos nós, bom sítio hein?!

À tarde fomos ao Palazzo Vecchio (10€) que actualmente é a sede do município florentino.Como tinha andado a ler o livro “Inferno” de Dan Brown fiquei com curiosidade de conhecer alguns sítios descritos no livro e este palácio foi a primeira paragem.O Salão dos Quinhentos é brutal! Consegue imaginar-se as passagens secretas que existem em volta do salão e supõe-se que por trás da “Batalha de Marciano” de Giorgio Vasari, está uma outra obra inacabada de Leonardo Da Vinci.

Existe uma tour AQUI, com muita pena minha não fiz, que explora precisamente alguns dos sítios secretos referidos no livro.
Outras duas salas que adorei foi a dos Mapas Geográficos e a Sala dos Lírios.
A parte chata da visita ao palácio foi a tremenda trovoada que rebentou, todos os vidros tremiam… Quem me conhece sabe que tenho um medo do caraças de trovoada, pois não havia sítio melhor para rebentar aquele trovoadão que um palácio do século XIII! Fiquei a agradecer a todos os santinhos não ter conseguido fazer a tour do livro, senão acho que tinha falecido de ataque cardíaco…
Ficam algumas fotografias.

IMG_2416
Firenze-palazzo_vecchio_24

Salão dos Quinhentos (imagem retirada da Wikipédia)

Portugal na Sala dos Mapas

Portugal na Sala dos Mapas

Sala dos Lírios

Sala dos Lírios

Máscara de Dante Alighieri

Máscara de Dante Alighieri

De seguida e já com o bilhete comprado online, fomos à Galeria Uffizi. Atentem no que vos digo, comprem o bilhete online! A fila para comprar o bilhete era enoooooooorme!!! O bilhete custa 11€ + 4€ da reserva online, depois é só dirigirem-se a uma escritório que fica do outro lado da rua da galeria (está bem identificado) e trocarem a vossa reserva pelos bilhetes.
IMG_20140227_134215
A Galleria degli Uffizi é um dos mais importantes museus do mundo e o maior de Florença. Tem obras de Botticelli, Leonardo Da Vinci, Michelangelo, Caravaggio, entre outros.
Mesmo para quem não liga muito a arte é impossível ficar indiferente perante “A Primavera” e “O nascimento de Vénus” de Botticelli, que se encontram expostas na galeria.
No terraço da galeria existe um café que tem uma vista soberba do Duomo!
Vista do terraço

Vista do terraço

Ponte Vecchio vista da Uffizi

Ponte Vecchio vista da Uffizi


Ver mapa maior